off
Sen categorizar — 3 Setembro, 2018 at 06:52

Incêndio destrói o Museu Nacional do Brasil

por

O centro tem  20 milhões de peças, incluindo animais disecados, minerais, insetos, ferramentas indíxenas, múmias exípcias e latino-americanas, fragmentos de meteoritos, fóseis e achados arqueolóxicos.O prédio é a instituição histórica e cultural mais antiga do país -também conhecido como o Museu da Quinta de Boa Vista- e foi fundado por João VI de Portugal em 1818. O museu é ligado à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e possui um perfil científico e acadêmico.

Bombeiros da cidade do Rio de Janeiro  estão lutando para apagar o fogo que ocorrera no domingo, no Museu Nacional do Brasil, norte da cidade e ao lado de uma das mais importantes instituições culturais do país, de acordo informou a agência de notícias EBC.

Bombeiros, que chegaram ao local  de sete estações diferentes, indicaram que, apesar da grande extensão das chamas, não há perigo de que o fogo se espalhe para as áreas vizinhas. De acordo com a análise preliminar, o fogo afetou quase todo o Palácio São Cristóvão , o edifício principal do complexo, especialmente duas das áreas dedicadas às coleções e exposições, bem como a seção administrativa. Mais de 50 bombeiros destacados na área confirmaram que atualmente não há vítimas fatais porque o museu foi fechado para visitas no momento em que o incêndio foi declarado, às 19h30 (horário local). Os guardas de segurança do prédio conseguiram escapar antes que a estrutura interna desmoronasse.

A máis antiga instituiçao científico-cultural do Brasil

Este ano comemorou 200 anos. O edifício, que sediou a Assembléia Constituinte Republicana entre 1889 e 1891, antes de se tornar um museu em 1892, parte do Instituto Nacional de Patrimônio Histórico e Artístico do Brasil. Na altura estava localizado no Campo de Sant’Ana, no centro da cidade, sob o nome de Museu Real. Em 1892 foi transferido para o Palácio de São Cristóvão, um complexo neoclássico rodeado dos jardins da Quinta de Boa Vista.

Deixar unha resposta

Ten que ser rexistrado para publicar un comentario.

off
A %d blogueros les gusta esto: