off
Língua, Literatura, Pensamento, Poesía — 13 Xuño, 2013 at 7:10 a.m.

Pessoa faz 125 anos

by
Fernando António Nogueira Pessoa nasceu em Lisboa, no dia 13 de Junho de 1888, sendo autor de obra vasta e plural, escrita em português e também em inglês.O autor publicou poucos textos em vida, um deles foi Mensagem(1934), tendo a maior parte da sua obra sido publicada na segunda metade do século XX, e actualmente, continuam a surgir inéditos.Numa nota biográfica que escreveu meses antes de morrer, em Lisboa em Dezembro de 1935, Pessoa afirmou-se poeta e escritor “por vocação”. De facto, levou uma vida lida, uma vida literaria.
TABACARIA
Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo.
Janelas do meu quarto,
Do meu quarto de um dos milhões do mundo que ninguém sabe quem é
(E se soubessem quem é, o que saberiam?),
Dais para o mistério de uma rua cruzada constantemente por gente,
Para uma rua inacessível a todos os pensamentos,
Real, impossivelmente real, certa, desconhecidamente certa,
Com o mistério das coisas por baixo das pedras e dos seres,
Com a morte a pôr humidade nas paredes e cabelos brancos nos homens,
Com o Destino a conduzir a carroça de tudo pela estrada de nada.
_______________________Álvaro de Campos: “Tabacaria” (excerto)____________________

Padrão, poema de Fernando Pessoa, do livro Mensagem, musicado por André Luiz Oliveira e gravado por Caetano Veloso.

A Casa Fernando Pessoa, inaugurada em 1993, é um equipamento cultural onde se realizam diversas actividades como concertos, exposições de artes plásticas, colóquios, espectáculos, e tem uma biblioteca especializada em Poesia. Este foi o prédio onde autor de Livro do Desassossego morou durante os seus últimos quinze anos de vida.

 

O Festival Desassossego que começa na terça-feira na Casa Fernando Pessoa (CFP), em Lisboa, é apresentado como “um encontro de poesia luso-brasileira, acompanhada por outras linguagens, como o vídeo, música e artes plásticas”.

O Festival acontece pela primeira vez no ano em que se celebram os 125 anos do nascimento do poeta de Mensagem e prolonga-se por três dias na Casa Fernando Pessoa, em Campo de Ourique, naquela que foi a última residência de Pessoa, depois de ter “deambulado” pela cidade, em quartos alugados na Estefânia ou no Príncipe Real, como disse à Lusa a estudiosa Marina Tavares Dias.

 

Grazas por leres e colaborares co Ollaparo !

Este sitio emprega Akismet para reducir o spam. Aprende como se procesan os datos dos teus comentarios.

off
A %d blogueros les gusta esto: